quinta-feira, 8 de maio de 2008

Impunidade: quem manda nesse país?

Vergonhosa a decisão de se absolver o fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura acusado e provável mandante do assassinato da Ir. Dorothy Stang, americana, naturalizada brasileira. Em primeira instância o fazendeiro havia sido condenado pelo júri que agora muda de opinião. Uma mudança muito radical, ou conveniência agora que as coisas alcamaram? Uma testemunha mudou completamente o seu testemunho, ou seja, mentiu no primeiro julgamento. Ou será que mente agora? Se um indíviduo aceita dinheiro para "ajeitar" um assassinato, iria aceitar ou não dinheiro, para simplesmente "mentir"?

Normal um júri mudar tão radicalmente de opinião? Talvez no país das impunidades!!!! Enquanto isso.... muitos outros estão sendo assassinados!!! Há poucos dias um lavrador!! A terra está marcada pelo sangue dos inocentes e pela "justiça" tão injusta quando se trata de fazer valer a verdade e o bem das pessoas de bem. Tenho e esperança - e lutemos para isso - que um dia - não seremos perfeitos, mas - teremos paz, justiça, direitos iguais, comida na mesa, ..., viveremos com dignidade! Um novo mundo é possível para aqueles que fazem a história!!

Nenhum comentário: