quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Campanha da Fraternidade 2009

Na próxima quarta-feria, 25, será aberta a Campanha da Fraternidade 2009 (CF09) que terá como tema “Fraternidade e Segurança Pública” e como lema “A paz é fruto da Justiça” (Is 32,17).

A CF acontece no período da quaresma desde 1964 e desde então a cada ano traz um tema importante sobre o qual nos convida a refletir. A CF quer com isso criar condições para que o Evangelho seja mais bem vivido em nossa sociedade, particularmente pelos que somos cristãos e, para isso o evangelho precisa ser assumido como nossa regra de vida. Destarte, a vivência deste evangelho se dá pelo testemunho de discípulos missionários de Jesus Cristo. Neste ano, ressalta-se um aspecto deste discipulado que por meio da verdadeira promoção de uma cultura da paz, fundamentada na justiça social contribui eficazmente pela instauração do Reino de Deus, Reino de Justiça e de Paz.

Diante de tantas injustiças e violências a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) quer contribuir para essa profunda mudança da sociedade (“cultura da violência” x “cultura da paz”) por meio da força transformadora do Evangelho. Para que isso seja possível somos convidados a uma profunda conversão, e a assumir as atitudes e opções de Jesus (Cf. Lc 5, 27-28).

O mesmo Jesus, que assassinado por uma estrutura fundamentada na “cultura da morte” e da violência – ainda tão presente entre nós -, nos convida não para uma conversão passiva, mas ativa. Somos chamados para promover a justiça e a paz (Cf. Mt 5,6). Não sozinhos, mas juntos!

Quaresma, pois implica em assumir juntos, como povo de Deus, a busca da paz e da concórdia, autênticos dons de Deus, mas frutos, também de nossa co-responsabilidade.

A CF nos ajuda a viver concretamente a experiência da Páscoa de Jesus na vida do povo e por conseqüência em nossa própria vida. Viver essa experiência da Páscoa de Jesus e deixar-se abrasar o coração pela Palavra de Deus (Cf. Lc 24,32) e praticá-la é praticar a Justiça e a “Paz é fruto da Justiça”!

Nenhum comentário: