quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Relíquias de Dom Bosco

Um homem abençoado Neste mundo viveu Desde menino entendeu.... Que o sentido da vida Na cruz Jesus nos deu
Dom Bosco sabia Orar e trabalhar Guerreiro da fé Arriscou sua vida até
Pastoreou suas ovelhas Semeou melhores tempos Duelou pelos jovens Pois ele tinha o entendimento E a sabedoria de que a fé Não é apatia
Por isso em tudo o que Ele fazia Sua marca era a alegria
Sua mão orava Afagava, segurava E trabalhava Mão amiga Mão guerreira Mão de trabalhador Mão humilde Mão de santo Mão eterna
Ao morrer entrou para a Eternidade Centelhas do seu amor e ideal Vagam pelos séculos aquecendo Os corações de seus seguidores Nós, jovens salesianos, jamais Deixaremos que sua obra finde Ou que seu ideal pereça Desta forma somos todos Um pouco... Relíquias de Dom Bosco
Escrito pela educanda Maria de Lourdes Zamboni Peixoto Deglmann – 2º ano B - EM
(Colégio Salesiano Itajaí - Itajaí -SC) Fonte: clique aqui

2 comentários:

~*~~*~~*~>GaBi<~*~~*~~*~ disse...

Esse poema parece uma copia

BELOTTO, São Paulo, 2010 disse...

Ele foi escrito por uma aluna de Itajaí, SC. Até o momento não se soube ser cópia de algum outro texto. Se tiver maiores informações solicito que nos informe a fim de nos aproximarmos o quanto for possível da verdade...
Um grande abraço