quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

25 de Fevereiro dia de S. Luís Versiglia e S. Callisto Caravario




Hoje a congregação salesiana lembra os mártires São Luís Versiglia e Callisto Caravario, ambos foram enviados como missionários para o grande país-continente que é a China. Foram os primeiros mártires salesianos e sofreram o martírio ao tentarem defender duas jovens catequistas e devido a perseguição do governo comunista aos cristãos católicos ligados a Roma.

Um pouco da história dos santos:

LUÍS VERSIGLIA (1873-1930)


Beatificato em 15-5-83,
Canonizado em 1-10-2000

Nasceu em Oliva Gessi (Pavía) no dia 05 de junho de 1873; aos doze anos foi recebido por Dom Bosco.
Ordenado sacerdote em 1895, durante dez anos foi mestre de noviços em Genzano de Roma.
Em 1906 chefiou a primeira expedição salesiana à China, realizando assim uma repetida profecia de Dom Bosco. Tendo fundado em Macau a "casa mãe" salesiana, abriu a missão de Shiu Chow e, no dia 22 de abril de 1920, foi sagrado seu primeiro Bispo.
Sábio e incansável, verdadeiro pastor todo dedicado ao seu rebanho, deu ao Vicariato uma sólida estrutura com um seminário, casas de formação, várias residências, orfanato, asilo para idosos.
Demonstrando ser mais pai do que homem de autoridade, dava o exemplo do trabalho e da caridade que nada ordena sem antes ter medido as forças dos co-irmãos.

Foram proclamados Santos por João Paulo II em 1º de outubro de 2000. Em 30 de junho de 2005 a Congregação para o Culto Divino estabeleceu elevar ao grau litúrgico de "festa" a sua "memória", transferindo a data da celebração de 13 de novembro (que recordava o dia em que, em 1875, partia de Gênova a primeira expedição missionária salesiana para Buenos Aires) para 25 de fevereiro, que é a data do martírio deles, trazida também no Martirológio romano

CALLISTO CARAVARIO (1903-1930)


Beatificado em 15-5-83
Canonizado em 1-10-2000

Nasceu em Cuorgnè (Turim) no dia 18 de junho de 1903.
Em 1921, encontrando-se com Dom Versiglia em Turim lhe disse: "Irei ao seu encontro na China". Cumpriu a palavra, dois anos depois.
Ordenado sacerdote, sempre fidelíssimo à sua consagração religiosa e animado por uma caridade sempre mais ardente, acompanhava Dom Versiglia na visita pastoral, no distrito de Lin Chow, juntamente com dois professores, duas catequistas e uma aluna, quando, no dia 25 de fevereiro de 1930, num trecho isolado do rio todos foram assaltados por piratas comunistas.
Na tentativa de proteger as jovens - que conseguiram escapar - os dois missionários foram brutalmente espancados e depois fuzilados, por ódio à fé cristã que exalta a virgindade.

Foram proclamados Santos por João Paulo II em 1º de outubro de 2000. Em 30 de junho de 2005 a Congregação para o Culto Divino estabeleceu elevar ao grau litúrgico de "festa" a sua "memória", transferindo a data da celebração de 13 de novembro (que recordava o dia em que, em 1875, partia de Gênova a primeira expedição missionária salesiana para Buenos Aires) para 25 de fevereiro, que é a data do martírio deles, trazida também no Martirológio romano.

Você pode encontrar mais sobre a vida desses dois grandes santos no site do SALESIANOS DE DOM BOSCO ou no BLOG DO GLAUCO.


Um comentário:

Glauco Félix Teixeira Landim disse...

Valeu pela indicação do blog, Dirceu!
Que os santos protomártires salesianos roguem por nós e pelos jovens, destinatários primeiros de nossa missão.
Um abraço!